Novo site do TdS em www.treinodosapo.com.br

Alimentos Funcionais E Nutracêuticos

Você já deve ter escutado alguma vez que um determinado alimento é bom para prevenir doenças ou atenuá-las. Os alimentos tem a possibilidade de ajudar a melhorar a nossa saúde, seja através da prevenção ou quando já nos encontramos doentes. Como já dizia Hipócrates, há cerca de 2500 anos: “Faça do alimento o seu medicamento”.

Com base nisso, foram denominados alguns alimentos como funcionais e/ou nutracêuticos.

O Japão foi o pioneiro na concepção de alimentos funcionais e da sua comercialização, na década de 80, através de um programa de governo que tinha como objetivo desenvolver alimentos saudáveis para uma população que envelhecia e apresentava uma grande expectativa de vida.

No Brasil, apenas em 1999, os alimentos funcionais foram regulamentados. No nosso país o mercado consumidor está em crescimento, porém ainda aquém do europeu, EUA e Japão, que constantemente apresentam novidades nesse segmento.

Alimentos funcionais são aqueles que produzem efeitos metabólicos e/ou fisiológicos e/ou efeitos benéficos à saúde, além de suas funções nutricionais básicas. Porém, não curam doenças, ao contrário dos remédios. Por possuírem certos componentes ativos, eles são capazes de prevenir ou reduzir o risco de determinadas doenças. E para se ter algum efeito, é necessário o consumo regular destes, além de uma dieta equilibrada. Isto quer dizer que se a pessoa estiver utilizando um alimento para o controle do colesterol, ela somente terá resultados positivos, se a ingestão deste estiver associada a uma dieta pobre em gordura saturada e colesterol. O risco que existe na ingestão deste tipo de alimento restringe-se somente em não obter os resultados esperados, já que esses alimentos não possuem contra indicação. Normalmente esses alimentos são as frutas e os legumes, mas há outros tipos de alimentos que também são considerados funcionais.

Por sua vez, o nutracêutico é um alimento ou parte de um alimento que proporciona benefícios médicos e de saúde, incluindo a prevenção e/ou tratamento da doença. Situam-se no limiar entre medicamento e comida. Tais produtos podem abranger desde os nutrientes isolados, suplementos dietéticos na forma de cápsulas e dietas até os produtos beneficamente projetados, produtos herbais e alimentos processados tais como cereais, sopas e bebidas.

O alvo dos nutracêuticos é significativamente diferente dos alimentos funcionais, por algumas razões:

  • O tratamento de doenças (apelo médico) é relevante aos nutracêuticos, apenas a redução do risco da doença, e não ao tratamento da doença estão envolvidos com os alimentos funcionais;
  • Enquanto os nutracêuticos incluem suplementos dietéticos e outros tipos de alimentos, já os funcionais devem estar na forma de um alimento comum.

 

Veja abaixo a lista de alguns alimentos funcionais:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s